Um breve pedido de desculpas e a retomada da rota

Nunca falei com vocês sobre o que venho fazendo e sobre meu sumiço em tempos recentes. Então, aqui vai.

Pra quem estiver com preguiça: Notei que eu cheguei por aqui, vim postando coisas mas nunca falei com vocês. Esse não é bem um texto elaborado, com algum conteúdo lá muito útil.

Porém, comecei a achar importante abrir a conversa um pouco.

Se você acha que esse tipo de papo é perda de tempo, pode pular fora e voltar terça que vem, quando retomamos a programação normal.


Olá, pessoal!

Faz um tempinho que comecei a escrever “independentemente”, meio como um hobby, meio como uma resolução de ano novo, pra sentir novos ares. De lá pra cá, passaram-se alguns meses, postei de forma irregular, quando me dava na telha, depois me empolguei e me propus a escrever semanalmente.

Porém, nos últimos tempos, eu dei uma pausa nas publicações. Como sabem, a vida é louca, cheia de altos e baixos e, se tem algo que ela sabe fazer muito bem, é zoar com os nossos planos. Então, alguém mais atento talvez tenha notado que minha última publicação foi em 21 de setembro. Ou seja, há um pouco mais de um mês.

Péssimo, uma bosta. Eu entrei num fluxo louco de trabalho e não consegui manter o ritmo com nenhuma das minhas tarefas paralelas, seja continuar o meu EP ou seguir com as publicações aqui.

Casualmente, entrei no meu Medium pra olhar as estatísticas e ver de que forma os acessos por aqui caíram e fiquei muito feliz por ver que, ainda que os acessos tenham entrado em declínio em relação a quando eu estava mais frequente, eles seguiram de forma mais ou menos consistente. Além disso, o número de seguidores também continuou crescendo linearmente.

Eu fiquei bem impressionado, pois nunca divulguei em nenhum lugar, a não ser nas minhas redes sociais e uma ou outra republicação no PapodeHomem e, mesmo assim, hoje já tem mais de 1,2k pessoas me seguindo por aqui. Obrigado por isso!

Eu raramente comento ou me manifesto sobre esse tema, mas fico muitíssimo feliz sempre que recebo alguma mensagem ou comentário dizendo que o texto foi útil. É daquelas coisas que aquecem o coração e dão energia pra continuar.

E ver que há um interesse consistente nos textos é algo que me anima bastante.

Recentemente, voltei a estudar música, compor e escrever textos. Coisa que só é possível quando há algum respiro na rotina.

Esse breve “pronunciamento oficial” é pra dizer que semana que vem vai ter texto de novo. E que meu EP já está pronto, apesar de travado com umas burocracias bestas (mas ainda assim, coisa legal. Se alguém tiver interesse em saber como funciona esse tipo de coisa, me avisa, que posso escrever algo a respeito).

É basicamente isso. A partir da semana que vem pretendo retomar as publicações às terças aqui no Medium e quartas no PdH.

E queria abrir minha dificuldade no momento: encontrar pautas úteis. Eu sempre passo muito mais tempo pensando sobre o que escrever do que realmente escrevendo.

Então, quem quiser ler sobre algo que achar que eu posso contribuir, estamos sempre abertos a sugestões. Aliás, eu preciso disso pra seguir.

Abraço e agradeço, de coração, pela força.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *