Da importância de estar em contato com a bondade | Diário Criativo #03


Mais do que nunca, estamos soterrados por informação do pior tipo.

O tempo inteiro reforçam o que há de pior nas pessoas e constroem uma realidade na qual a guerra, a fome, o crime e a maldade pura são a regra. Ficamos apavorados, acreditando que devemos nos esconder atrás de muros e câmeras e que a única forma de transitar pelo mundo é enfurnado em uma lata com rodas, separados de qualquer toque da terra ou de outras pessoas.

Não me assusta que estejamos, enquanto sociedade, caindo doentes, depressivos e ansiosos.

Nós somos humanos, não fomos feitos pra ter contato ininterrupto com muita maldade. Adoecemos quando mergulhamos nisso da mesma forma que não conseguimos sobreviver submersos na lama.

Precisamos nos lembrar constantemente do nosso verdadeiro potencial ou somos arrastados pelo tsunami de notícias que reforça o lado perverso do ser humano. Nós não somos isso, ainda que possa parecer quando constantemente repetem essa mensagem.

É importante procurar por beleza, bondade, compaixão e amor. É essencial estarmos em contato com a natureza e reconhecer o equilíbrio, a harmonia expressa na energia que envolve e permeia cada grão de areia, cada folha de árvore, cada pequeno animal. Assim, conseguimos encontrar um tipo de cura que não está ao alcance de nenhum medicamento.

A dor e o sofrimento existem, claro, e não devemos esquecer dele. Porém, precisamos pensar em qual paisagem mental estamos construindo, dia após dia, minuto a minuto, por meio de tudo o que vemos e ouvimos, sob o risco de nos envenenarmos lentamente até esquecermos que também somos capazes de doar, de amar e de nos sacrificar por aquilo que é maior do que nós mesmos.

É importante também gerarmos beleza, espalhá-la pelo mundo para que seja uma expressão dessa grandeza que todos nós temos. Quando damos afeto, cuidamos de um jardim ou cozinhamos algo pra quem amamos, isso também é uma forma de colorir a realidade com tons vibrantes.

Quando falamos do que está na essência, o coração responde. Ele pede por mais, como se estivesse tentando se nutrir de algo que precisa para ser saudável.

Precisamos escrever e falar sobre o que as pessoas do nosso convívio estão fazendo para tornar o mundo melhor, inspirar, emanar outras frequências que não apenas o alarmismo barato pra gerar cliques e vender anúncios.

Do contrário, vamos nos esquecer da verdadeira natureza humana, que é ampla como o céu, infinitamente capaz de obras maravilhosas, feitas para nos conectar e aquecer.

Em tempos como os nossos, talvez precisemos mesmo disso. Mais harmonia, amor, equilíbrio. Que busquemos aquilo que ressoa, preenche e inspira.


O Diário Criativo é uma série de textos sobre meu processo criativo enquanto músico e escritor.


Se você curtiu esse texto, lembre de me seguir no Twitter, no Instagram e de dar 50 claps. Assim, você apoia o meu trabalho e me ajuda um monte. Obrigado!


Ouça meu single Entrega

Acabei de lançar um single chamado Entrega. Se quiser me fazer feliz, não economize nas palmas aqui embaixo mas também ouça minhas músicas, deixe um recado, siga meu Instagram ou no Spotify. Assim eu garanto que você faz o meu dia. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *